Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

10 de mai de 2012

Novos desafios, novas formas de atuação.



Estou percebendo uma nova mudança nas organizações. Elas demandarão um novo profissional: aquele que inicia as atividades na definição estratégica; passando para a modelagem de processos; definição e controle de indicadores, melhoria contínua usando as melhores metodologias em gestão (Lean, 6 Sigmas, Modelo da FNQ, MASP, CCQ, 5S, etc...). Mas evoluindo, terão de ter tudo isso, em um BPMS. Com workflow; automação de formulário; simulação de processos; dinamismo nas regaras de negócios; balanceamento de carga de trabalho e; controle da produtividade. Ter indicadores on-line e real time, usando módulos de BAM. Disponibilizar indicadores preditivos, para ações proativas, com tecnologia de CEP (não é o Controle Estatístico de Processos) e RPM (Não é a antiga banda do Paulo Ricardo – desculpe-me pela piadinha). Usar sistemas de BI para criar painéis de Gestão à Vista, “vivos”, projetados em grandes monitores de LCD, disponíveis em todas as áreas da empresa, para monitorar as metas diárias e Painéis de Bordo do BSC, nos computadores da Alta Direção.

Não estou falando de informações, apuradas mensalmente e geralmente com grande esforço, mas de forma ágil, com ferramentas de TI. Ou seja, ter tudo isso disponível facilmente e visível por todos.

Vejo num furo próximo, a convergência do conhecimento profissional das áreas de O&M (eles estão vivos?), Analistas da Qualidade, Analistas de Sistemas, Analistas de Processos, Analistas de Negócios e Analistas de BPM. Talvez, o novo profissional, seja o Analista de Arquitetura Corporativa.

Leia o meu post, sobre arquitetura corporativa em:


Grande abraço,

Gandra





Nenhum comentário:

Postar um comentário