Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

11 de jan de 2012

PDCA / MASP - Metodologia Análise e Solução de Problema - Passo 2

No post anterior, observamos primeiro passo do MASP (Metodologia de Análise e Solução de Problemas). Agora percorreremos o fluxo de tarefas ligadas ao segundo passo da metodologia.


PASSO 2
OBSERVAÇÃO
Fluxo
TAREFA
FERRAMENTAS EMPREGADAS
OBSERVAÇÃO
1
Descoberta das características do problema através de coletas de dados. Recomendação importante: Quanto mais tempo você gastar aqui, mais fácil será resolver o problema, não salte esta parte!
Análise de Pareto:
1)Estratificação;
2)Lista de verificação (coleta de dados – 5W 1H)
3)Gráfico de Pareto
4)Priorize, escolha os temas mais importantes e retome o para 1.

*Observe o problema sob vários pontos de vista (estratificação):
A) Tempo – os resultados são diferentes de manhã, à tarde, à noite, às segundas-feiras, feriados, etc.?
B) Local – os resultados são diferentes de uma peça (defeitos no topo, na base, periferia)? Em locais diferentes (acidentes em esquinas, no meio da rua, calçada, etc.)?
C) Tipo – os resultados são diferentes dependendo do produto, matéria-prima, do material usado?
D) Sintoma – os resultados são diferentes se os defeitos são concavidades ou porosidade, se o absenteísmo é por falta ou licença médica, se a parada é por queima de um motor ou falha mecânica, etc.?
E) Indivíduo – que turma? Que operador?
*Deverá também ser necessário investigar aspectos específicos, como por exemplo: umidade relativa do ar ou temperatura ambiente, condições dos instrumentos de medição, confiabilidade nos padrões, treinamento, quem é o operador, qual equipe trabalhou, quais as condições climáticas, etc.
*5W 1H – faças as perguntas:  o que, quem, quando, onde, por quê e como, para coletar dados.
*Construa vários tipos de gráficos de Pareto conforme os grupos definidos na estratificação.

2
Descoberta das características do problema através de observação local
Análise no local da ocorrência do problema pelas pessoas envolvidas na investigação
*Deve ser feitas não no escritório, mas no próprio local da ocorrência, para coleta de informações suplementares que não podem ser obtidas na forma de dados numéricos. Se necessário, utilize filmagens e fotografias.
3
Cronograma, Orçamento e Metas.
Gráfico de Gantt
*Estimar um cronograma para referência. Este cronograma pode ser utilizado em cada processo.
*Estimar um orçamento.
*Definir uma meta a ser atingida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário