Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

11 de fev de 2012

Empresas investem em soluções de BI para acelerar os processos de negócios

Por: Caroline
Em: http://docmanagement.com.br/2012/01/27/empresas-investem-em-solucoes-de-bi-para-acelerar-os-processos-negocios/


De acordo com a Oracle, as soluções de Business Intelligence (BI) são ferramentas que auxiliam empresas na tomada de decisões estratégicas para obterem vantagem competitiva. O mercado de BI conquistou espaço nos últimos anos, principalmente devido à necessidade que as empresas têm de basear-se em indicadores de negócios, ferramentas de fácil uso e flexibilidade na customização das soluções. 

Especialista neste mercado, a Oracle desenvolve recursos, como o Oracle BI, que possibilita tomada de decisões com base nos relatórios produzidos em painéis interativos, com cálculos, métricas, definições uniformes e consistentes em gráficos animados e interações OLAP (Online Analitical Processing) – que ajudam as organizações a acessar, visualizar e analisar dados corporativos com alta flexibilidade e performance. “Ao investir em BI, as companhias podem transformar um grande volume de dados em informações que lhes permitam analisar melhor seu desempenho e, a partir daí, desenvolver um planejamento consistente. O Business Intelligence é também um meio de garantir respostas mais rápidas às mudanças de mercado e às novas oportunidades, além de facilitar o cumprimento de exigências regulatórias”, completa José Caodaglio, diretor sênior de Business Intelligence e EPM da Oracle do Brasil
Segundo a companhia, empresas como a rede Lojas Renner e o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado do Paraná (CREA-PR), utilizam dos recursos e têm resultados positivos com as soluções. “Nós conseguimos dar autonomia aos gestores na obtenção de informações gerenciais, proporcionando maior qualidade nas informações e agilidade na tomada de decisões, ao mesmo tempo em que minimizamos a carga de atividades da área de TI”, afirma Renato Gonçalves Barros, gerente de TI do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado do Paraná (CREA-PR).



Nenhum comentário:

Postar um comentário