Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

11 de mar de 2012

Alinhamento estratégico entre TI e Negócio: Uma abordagem Lean


Por: André Marsal
Em: http://www.tiespecialistas.com.br/2012/02/alinhamento-estrategico-entre-ti-e-negocio-uma-abordagem-lean/

Muito se fala sobre o tal alinhamento estratégico entre TI e Negócio para alavancar as estratégias empresariais. De fato, uma boa arquitetura de TI orientada ao negócio é fundamental para o sucesso das organizações e as colocam mais próximas de  seus clientes, impulsionam os negócios e geram conhecimento e inovação.

Mas o que de fato é o tal alinhamento entre TI e Negócio? Basicamente é entender os anseios estratégicos empresariais e traduzi-los com o objetivo de direcionar toda a infraestrutura de TI no que diz respeito a softwares, redes, hardwares, dados, processos e pessoas em prol de um único objetivo, gerar valor ao negócio.
Neste contexto, o que o Lean Thinking ou pensamento enxuto oriundo das experiências no setor da indústria automobilística ao final da década de 80 pode nos ajudar?

A resposta é utilizar a filosofia por trás dos 5 princípios Lean (Valor, Fluxo de Valor, Fluxo Contínuo, Produção Puxada e Perfeição) de maneira a transformar a TI em um centro de valor,exercendo de fato um papel estratégico importante em busca do sucesso empresarial.

A seguir uma tradução e adaptação de como os princípios Lean podem auxiliar e promover o alinhamento estratégico entre TI e Negócios:

Valor: No contexto Lean aplicado em TI, devemos entender e definir o que é valor para o negócio. Um conceito trivial, porém fundamental, pois se trata da mudança de percepção onde o famoso “Usuário de TI” torna-se um “Cliente dos serviços de TI” e cabe ao cliente definir o que é valor e a TI, caberá traduzir essas definições de maneira a ser um norte em seus processos, serviços e ações estratégicas.

Fluxo de valor: No Lean Thinking aplicado a TI, entende-se que a TI deverá fazer uma reflexão sincera sobre os seus processos internos, classificando os mesmos em três tipos: Os que de fato geram valor, aqueles que são necessários para o fluxo de processos e serviços, porém sem valor ao negócio e aqueles que são passives de eliminação por se tratarem de desperdícios. Nesta reflexão, TI deverá captar a percepção de todos os steakholders. Esta análise deverá estar em observância ao objetivo principal que é promover a entrega de valor.

Fluxo Contínuo: Perceber a empresa de maneira holística e direcionar os processos de acordo com as  demandas do cliente e a sua percepção de valor. Isso exige da TI e da empresa uma mudança cultural onde todas as ações são direcionadas dentro de processos aderentes a entrega de valor, ou seja, as ações sempre observarão o conceito do valor e serão orientadas por processos.

Produção Puxada: Neste quesito, observamos a mudança de enfoque da TI passando de um estágio reativo, para um estágio ativo e em alinhamento a mentalidade Lean. A TI passa a ser puxada pelos objetivos estratégicos do negócio, ou seja, todas as ações de TI devem ser pautadas, selecionadas e executadas de acordo com os critérios do negócio e de acordo com a demanda estabelecida pelo cliente. Eliminando assim ociosidade de recursos e alocando os investimentos de maneira equilibrada, em observância a critérios estratégicos do negócio e conectadas a processos e em sincronia ao fluxo continuo.

Perfeição: Enfim chegamos ao estado da arte, a perfeição. Que no contexto Lean é aplicação do “Kaizen” palavra japonesa que significa melhoria contínua. É aplicação cíclica do processo de PDCA visando sempre a otimização e melhoria dos processos. Trazendo isso dentro do mundo da TI, trata-se de engajar os colaboradores em torno da mentalidade Lean e fazer com que se crie um ambiente de constante reflexão, melhoria de processos e reavaliação cíclica dos 5 princípios Lean.

Após passarmos pelos 5 princípios Lean podemos notar que promover o alinhamento entre TI e Negócio para entregar valor é uma tarefa árdua. O gestor de TI deve ter equilíbrio, poder de negociação, perseverança e acima de tudo conhecer as minúcias do negócio em que tá inserido. Munido dessas características, basta incorporar o Lean Thinking ao seu dia-a-dia e ao cotidiano de seus colaboradores e promover as mudanças necessárias para transformar a TI de centro de custo a um centro de valor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário