Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

17 de mar de 2012

Gerenciar pequenos projetos?

Por: Adriano Marques
Em: http://www.4pm.com.br/archives/gerenciar-pequenos-projetos


Em diversas ocasiões onde falamos sobre as técnicas de gerenciamento de projetos para pequenos projetos muitas pessoas não conseguem criar os vínculos necessários para colocar em prática nas situações menores aquilo que acontece em grandes projetos.

Por vezes já ouvi que documentação e processos não podem ser aplicados a projetos menores e que o gerenciamento de projetos não é eficaz para projetos onde só existe o líder e mais um ou dois recursos humanos.

Estas questões são muito importantes e a todos os gerentes de projetos devem  enfrentá-las de frente e sem baixar a guarda.

Um fator determinante e importantíssimo para o sucesso destes processos é o foco, e digo, o foco deve ser na entrega do projeto e não na documentação. Pois é, justamente aqui nesta afirmação que muita gente se perde.
Um dos argumentos contra o uso de metodologias de gerenciamento de projetos é que as metodologias são muito centradas em processos, resultando em grandes quantidades de documentação e que simplesmente não é viável em projetos de tiro curto.

Este é um argumento poderoso. Qualquer método ou metodologia que se concentre na produção de documentação à custa de entregar os benefícios reais do projeto, sempre será um obstáculo ao invés de um benefício. Afinal, o nome do jogo para o cliente é:  Entregando o acordado e não produzindo documentos.
Mas o fato é que deve-se adaptar e moldar as “melhores práticas” para estes projetos de tiro curto. Assim, com documentos que possam ser utilizados e reproduzidos em campo, focando exatamente nas principais questões que possam ser impactantes para o projeto, o gerente de projeto e o cliente terão um forte aliado.
Aplicando as melhores práticas adaptadas para qualquer projeto e até mesmo para pequenos projetos, tudo pode ser feito sem criar excesso de burocracia ou sobrecarga de trabalho.

Definimos “melhores práticas” como incontáveis situações que gerentes de projetos fizeram em milhares de projetos e são considerados “razoáveis” porque eles tendem a ajudá-lo a alcançar melhores resultados.
Não pense simplesmente que só porque você está gerenciando um pequeno projeto pode largar estas práticas. Se fizer isso, você pode se arrepender mais tarde quando por algum problema tiver um projeto em crise.
Uma dica é aplicar uma regra básica em todos os documentos que você irá criar, sempre que desenvolver algo novo, o mesmo deve passar pelo crivo do K-I-S-S “Keep It Short and Simple”, se passar, ok – pode entrar em produção.

Resumindo: Não basta produzir uma entrega bem sucedida respeitando as restrições do projeto, é preciso entregar valor, qualidade e claro documentação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário