Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

7 de mar de 2012

Mobile BI: uma tendência corporativa

Por: Rafael Arbulu
Em: http://olhardigital.uol.com.br/negocios/digital_news/noticias/mobile-bi-voce-pode-nao-saber-o-que-e,-mas-ela-ja-e-tendencia-corporativa

Seu celular consegue dirigir uma empresa? Não? Pois saiba que isso pode - e provavelmente vai - ser o futuro do mercado corporativo...


Reprodução
Uso de smartphones

O quão versátil você é, enquanto diretor ou presidente de uma empresa? Quanto sua presença em uma reunião faz falta, a ponto de decisão alguma ser tomada sem que você dê seu palpite? Essa delicada questão é justamente o que motiva a Mobile Business Intelligence, algo que já é uma tendência corporativa tão presente que deve ditar o futuro do empreendedorismo global.

Mobile Business Intelligence, ou simplesmente Mobile BI, é nada mais que a extensão de aplicações dedicadas a desktops para uma versão móvel - smartphones e tablets. Com ela, executivos-sênior conseguem participar da tomada de decisões importantes, sem necessariamente estar lá, fisicamente. Devido à alta de sistemas móveis - sobretudo iOS e Android - essa é uma tendência de mercado cada vez mais influente.

Moacyr Queirolo Filho, gerente de novos negócios da Binário, empresa especializada em desenvolvimento de ferramentas BI, diz que "as informações de inteligência de negócios chegam a um gestor através de planilhas, relatórios textuais com dezenas de páginas e afins. Soluções móveis de BI (Business Intelligence) facilitam a vida dos executivos ao lhes enviar informações importantes 'on the go', tornando-os mais pragmáticos e eficientes em sua tomada de decisão - mesmo que ele esteja fora, em viagem ou inacessível por meios normais".

Para Queirolo, a crescente popularidade que o mercado de Mobile BI atinge hoje - mesmo estando presente há anos - deve ser vista como uma "dívida que só estamos conseguindo pagar ao mundo corporativo hoje": "É notório que quem tem as melhores informações - em caráter de qualidade - sai na frente da concorrência e com melhor condição de atender aos clientes. No final das contas, a combinação de segurança e mobilidade fará com que executivos fechem negócios, solucionem problemas e aproveitem melhores oportunidades de uma forma prática", diz.

Mas, se essa tendência é tão firme, então por que só começamos a ouvir falar dela agora? David White, pesquisador da Aberdeen, empresa especializada em pesquisas de mercado, tem a resposta: "As primeiras soluções em BI não eram muito úteis: as telas e resoluções dos celulares eram muito pequenas, o que fazia com que gráficos saíssem muito pequenos. Os smartphones de hoje possuem telas melhores e mais processamento. Além disso, muitas aplicações consistem em ports de versões para desktops, então não se exige tanto assim do departamento de TI para criá-las".

Essa universalidade se estende também nas plataformas para as quais são produzidas as soluções móveis: o BIRT Mobile (da empresa Actuate) e o MicroStrategy Mobile (da MicroStrategy) são dois exemplos que trabalham em Android, Blackberry e iPhone. O mesmo vale para um dos mais famosos aplicativos do setor, o SAP BusinessObjects, que, além dos três principais, também funciona no Windows Phone e em qualquer celular com suporte à Java.

White indica que a demanda deste setor, hoje, se divide em duas partes. Segundo pesquisa que ele comandou na Aberdeen, cerca de 28% dos desenvolvedores estão se prontificando a especializar em aplicações de Mobile BI, enquanto 31% das empresas utilizam algum sistema terceirizado que cria um ambiente de BI para elas: "A maior parte das organizações são, hoje, focadas em executivos-sênior como gerentes, diretores e presidentes", diz ele, "mas acreditamos que, para os próximos dois ou três anos, isso seja estendido a funcionários de cargos mais baixos".

Quer saber mais sobre Business Intelligence? Clique aqui e baixe white papers gratuitos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário