Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

9 de abr de 2012

Big Data abre oportunidades profissionais em TI

Por: Carolyn Duffy Marsan, da CIO/EUA
Em: http://cio.uol.com.br/noticias/2012/03/08/big-data-abre-oportunidades-profissionais-em-ti/


Cientistas e especialistas de dados Hadoop são muito procurados por empresas de Web e e-varejistas, serviços financeiros, energia, saúde, utilities e mídia.


Novas oportunidades de emprego estão surgindo para profissionais de TI na área do Big Data, termo usado para descrever grandes quantidades de dados que precisam ser analisadas em tempo real para conduzir a tomada de decisão e aumentar a lucratividade.
Um novo cargo - cientista de dados - é um bom exemplo. Ele normalmente tem formação em Ciência da Computação e Matemática, bem como as habilidades analíticas necessárias para encontrar a providencial agulha no palheiro de dados recolhidos pela empresa.
"Um cientista de dados é alguém que é curioso, que analisa os dados para detectar tendências", diz Anjul Bhambhri, vice-presidente de Produtos Big Data da IBM. "É quase como um indivíduo renascentista, que realmente quer aprender e trazer a mudança para uma organização."
Inédita há 18 meses, a carreira de "cientista de dados" explodiu em popularidade como termo de pesquisa Google. O número de buscas atingiu picos 20 vezes maiores do que o normal no último trimestre de 2011 e no primeiro trimestre de 2012. É o termo de busca mais popular entre os de alta tecnologia em cidades como São Francisco, Washington e Nova York.
Entre as empresas norte-americanas que procuram contratar cientistas de dados estão a PayPal, a Amazon e a HP. Na verdade, o termo "cientista de dados" é mencionado em 195 anúncios de emprego no site Dice.com.
Os departamentos de TI também estão procurando por desenvolvedores e administradores de sistemas que se especializam em ferramentas Hadoop, projetada para uso intensivo de dados e aplicações distribuídas e utilizadas por sites populares como o Yahoo, Facebook, LinkedIn e eBay.
Hadoop é mencionada na maior parte dos anúncios de empregos na Dice.com. Entre as empresas que buscam contratar engenheiros de software e desenvolvedores Hadoop estão AT&T Interactive, Sears, PayPal, AOL e Deloitte.
Hadoop "é uma habilidade emergente", diz Alice Hill, diretor da Dice.com. "As empresas precisam para gerenciar operações em grande escala, e toda a ideia do Hadoop é que você pode fazer isso com baixo custo. Isso funciona muito bem com o que estamos vendo em movimento para a nuvem."
Colina vê oportunidades relacionadas com Hadoop para estagiários e até profissionais experientes, tanto na área de hardware como de software. "Há tantas direções", diz Hill. "É um solo muito fértil para profissionais de TI experientes, mas também para as pessoas saindo com graus de ciência da computação. É uma grande área para se especializar".
"E o povo de hardware precisa descobrir como trabalhar com diferentes ambientes. Não é apenas sobre a compra de um banco de dados e acessos ao disco rígido. Agora, os bancos de dados estão ligados a múltiplos servidores e múltiplos discos rígidos", disse Hill diz. Hadoop "é barato, mas exige alguém que realmente saiba como escalar hardware."
Segundo Hill, Hadoop é também uma boa habilidade para profissionais de TI com experiência em gerenciamento de banco de dados relacional. "Se você realmente entende de estrutura de dados e consultas, vai ter um monte de oportunidades de emprego", acrescenta ela.
De fato, departamentos de TI não só estão contratando pessoas na área de Big Data, como reciclando alguns dos seus empregados, para adicionar análise de dados e Hadoop às habilidades de cada um. A IBM, por exemplo, retreinou 2,4 mil profissionais de TI em grandes Bootcamps dados que detinha para seus clientes e parceiros no ano passado.
Oportunidades de trabalho para cientistas e especialistas de dados Hadoop estão surgindo em todos os setores, desde empresas de Web e e-varejistas, até serviços financeiros, energia, saúde, utilities e mídia.
"Os departamentos de TI realmente têm de expandir suas plataformas de dados e não se restrigirem aos repositórios de dados estruturados", diz Bhambhri. "Eles têm de trazer novas fontes de dados não estruturados para suas plataformas com o objetivo de responder às perguntas que executivos C-level estão pedindo para seus processos decisórios. De uma perspectiva de TI, é muito importante para os profissionais não só para identificar esses dados, como para trabalhar com os seus homólogos de negócios para descobrir que outras fontes de dados precisam ser integrados em suas plataformas."
A IBM tem uma nova iniciativa denominada Big Data University, que visa a formação de estudantes de graduação e pós-graduação na área, expondo-os a Hadoop. Lançado em outubro passado, a Big Data University já atraiu mais de 14 mil estudantes para seus cursos online (são seis, ao todo, relacionadas com Hadoop e Big Data).
"Estamos tentando fazer com que os alunos vejam realmente o potencial do Big Data e que resultados de negócios possam surgir dessas novas fontes de dados", diz Bhambhri. "Estamos bombardeando esses profissionais com estudos de caso nas áreas de saúde, varejo e empresas de telecomunicações. Estamos mostrando a eles o que não era possível antes, e passou a ser agora por causa do trabalho que temos feito com diferentes clientes nesses setores."
Bhambhri está otimista com as perspectivas de carreira para profissionais de TI. "Em todos os setores, há uma grande quantidade de dados que está sendo capturada, por meio de sensores, logs ou das mídias sociais como o Facebook e o Twitter," Bhambhri diz. "Os volumes de dados são enormes. Ma até agora não havia tecnologia disponível para analisar esses dados de forma rápida em uma relação custo-benefício. Era um grande gargalo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário