Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

19 de abr de 2012

Utilizando BPM na Gestão Cultural

Por: Alexander Pinheiro
Em: Utilizando BPM na Gestão Cultural


Dificuldades culturais são bastante comuns em diversas empresas, muitas dificuldades técnicas se curvam diante de situações como essas. Principalmente em dias onde possuímos diversas  gerações  produzindo em conjunto, inclusive particularmente, não gosto muito do termo conflito de Gerações, até bastante usado por mim em outrora. Atualmente prefiro chamar de produção com gerações distintas. Mas deixamos esse assunto para depois. Dentro desse cenário,  diversas são as técnicas de gestão utilizadas, mas vamos falar um pouco sobre uma metodologia bastante técnica que pode contribuir muito para produtividades em ambientes com culturas e gerações mistas. O BPM (Business Process Modeling) ou Modelagem de Processos de Negócios. “Quando utilizamos a filosofia de Gestão de Processos em nossa empresa sem ter como principal objetivo relacionar a modelagem de sistemas de TI”, estaremos no caminho  mais acertado para a alta produtividade em cenários de conflitos culturais e de gerações.

Quando falamos em BPM tentamos traduzir os processos de uma empresa em fluxos de informação, e não simplesmente modelados por sistemas.

Nessa filosofia os processos são pensados e definidos independentes da construção do sistema, desta forma é possível interagir produtivamente com todos os envolvidos nas rotinas e processos levando em conta a contribuição de cada profissional, e os processos a partir de então definidos podem quebrar paradigmas e conceitos ultrapassados ou mesmo modernos de mais para a realidade da empresa em questão, criando um conceito de colaboração produtiva e mútua muito eficiente, sendo possível utilizar sistemas prontos internos em um segundo momento, que já possuem seu ciclo de vida bem definido, para automatizar processos agora definidos do ponto de vista da gestão do negócio da companhia.  Um gancho para uma implantação de Workflow será montado com base em processos bem definidos, a própria possibilidade e viabilidade de uma implantação de automação dos fluxos de informação e processos, já coloca a organização em uma situação privilegiada e diferenciada no mercado, auxiliando definitivamente ao processo produtivo em conjunto das mais variadas culturas e geração que possam existir na empresa. Importante lembrar que não são as implantações dessas metodologias ou ferramentas que contribuem para essa homogeneidade e sim o processo de implantação delas.

Obviamente que um processo desse tipo deve ser implantado com orientação profissional específica, empresas com esse perfil de conflitos, dificilmente vai possuir em seu quadro atual de colaboradores esses especialistas, principalmente se for de pequeno porte, esse apoio poderá ser um consultor externo, ou mesmo uma nova contratação. Antes de tudo é preciso avaliar dentro da empresa se existe alguém com perfil e comprometido para atuar nesse papel. Mesmo quando a função for liderada internamente é bom auxilio técnico externo, mesmo que pontual, pois é princípio da gestão de conhecimento eficaz.

Forte abraço, até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário