Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

10 de mai de 2012

Conhecimento, Tecnologia e Trabalho Colaborativo

Por: Thiago Assis
Em: http://www.tiespecialistas.com.br/2012/04/conhecimento-tecnologia-e-trabalho-colaborativo/


A comunicação como uma das mais primitivas e distintivas formas de diferenciação da raça humana, particularmente ao longo dos últimos anos, vem sofrendo profundas alterações tanto em relação a sua capacidade de disseminar informações quanto de prover o seu acesso.

Com a massificação do uso e acesso a Internet representando 25,6% da população mundial (Internet World Stats), as pessoas passaram a ter a capacidade de se comunicar e se relacionar de formas a impactarem não somente a comunicação pessoal, como também a comunicação corporativa. As redes digitais estabeleceram uma nova forma de produzir, disseminar e compartilhar conhecimento.

Como um dos principais atributos desta nova lógica de comunicação, podemos destacar um outro fenômeno, não menos importante, que é o da convergência digital, em que a interação associada à possibilidade da convivência simultânea de áudio, texto, vídeo, animações, imagens, etc formaram o palco ideal para que a comunicação em suas mais variadas formas e formatos, propósitos e objetivos pudesse se manifestar com a intensidade que a vemos hoje.

Neste novo cenário, onde tudo e todos parecem estar interconectados por meio da Web e de seus dispositivos de acesso (computadores, celulares, TVs, etc), novas formas de trabalho surgem e se viabilizam, como o trabalho remoto e o trabalho colaborativo.

O trabalho colaborativo nos ambientes empresariais passará a ser explorado cada vez mais, buscando ganhos de sinergia, produtividade, integração entre equipes multifuncionais e geograficamente distantes. O compartilhamento de conhecimentos antes restritos a pessoas e/ou áreas torna estes passíveis de serem usados e beneficiados coletivamente, o que, via de regra, possibilita ganhos em eficiência e competitividade frente aos modelos mais estanques e menos integrados das organizações formais e menos “digitais” de trabalho.

Alguns pré-requisitos devem ser analisados e considerados para que se obtenham os melhores resultados derivados da colaboração entre diferentes agentes. Além dos fatores humanos relacionados a aptidões e incentivo à colaboração, uma estrutura de dados organizada e eficiente, padrões definidos de comunicação, espírito de equipe e um correto planejamento dos papéis e responsabilidades de cada membro são fundamentais para o sucesso de qualquer iniciativa de trabalho em grupo.
O suporte proveniente da tecnologia da informação, aliado a modelos testados de colaboração entre pessoas, acabou por gerar padrões e formas diferenciadas e específicas de trabalho cooperativo, tais como wikis, blogs, fóruns, workflows de projetos, dentre outros. As formas ou padrões de colaboração a serem utilizados variam de acordo com características e particularidades de cada projeto, empreitada, empresa e/ou setor de atuação; porém, alguns fatores e variáveis como temporalidade, localização, complexidade dos temas e maturidade dos participantes acabam por definir a melhor forma ou ferramenta a ser utilizada.

Apesar de o trabalho colaborativo, como o conhecemos hoje, ter de atribuir grande parcela de sua realização à tecnologia da informação, o que se evidencia cada vez mais é a importância da informação e do conhecimento que trafega de forma clara e objetiva por caminhos pavimentados pelas complexas estruturas e sistemas de TI.
Vivemos na Era do Conhecimento, em que a informação precisa ser trabalhada, processada e beneficiada para que se torne aplicável a cada uma das situações possíveis. A troca de opiniões, os debates, a agregação de visões e conhecimentos complementares de forma organizada e direcionada são e serão, sem dúvida alguma, um dos mais importantes fatores de diferenciação competitiva e de desenvolvimento humano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário