Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

13 de mai de 2012

Modelo de Negócio: A Cauda Longa


Por: Rildo Santos
Em: http://www.rildosan.com/2012/04/modelo-de-negocio-cauda-longa.html

Modelo de Negócio: A Cauda Longa
Resumo:
Chris Anderson, editor chefe da revista 'Wired', explorou pela primeira vez o fenômeno da 'cauda longa' em um artigo que se tornou um dos mais influentes ensaios sobre negócios de nosso tempo. 
Usando o mundo dos filmes, dos livros e da música, mostra que a Internet deu origem a um novo universo, no qual a receita total de diversos produtos de nicho, com baixo volume de vendas, é igual à receita total de poucos produtos de grande sucesso. Por isso cunhou o termo 'cauda longa' para descrever essa situação, o qual tem sido usado pela alta gerência das empresas e pelos meios de comunicação no mundo todo. 
No livro a Cauda Longa, Anderson mostra como chegamos a esse ponto e revela as enormes oportunidades que se originam desse fato, vislumbrando um futuro que está presente.


A Cauda Longa:
Chris Anderson, em seu artigo "The Long Tail" (A Cauda Longa) na edição de outubro de 2004 de Wired, popularizou a idéia da "cauda longa" ao explicar por que os varejistas on-line como Amazon.com estão posicionados de uma forma singular para atender uma imensa demanda que os varejistas tradicionais não podem atender de uma maneira econômica.
A demanda por categorias de produtos como livros ou CDs tende a seguir o que é conhecido como "distribuição da lei da potência". Nesse tipo de cenário, milhares de livros, CDs e DVDs são publicados todo ano, mas somente algumas dezenas de títulos alcançam o nível de bestseller. O restante se perde na chamada cauda longa: a quantidade imensa de lançamentos menores com atrativos especializados que nunca poderão esperar vender mais do que alguns milhares de cópias, talvez nem isso.

O varejo convencional em lojas concentra-se em vender os itens mais populares, pois não é possível ter em estoque cada um dos milhões de livros, CDs e DVDs que é produzido. Os varejistas on-line, no entanto, não precisam preocupar-se com espaço de prateleira limitado; despachando os produtos para os clientes diretamente dos grandes armazéns espalhados pelo mundo, podem anunciar e vender o milionésimo título mais popular tão facilmente quanto o número um dos mais vendidos. O acesso a essa longa cauda de vendas de baixo volume se converte em uma quantidade imensa de renda.


Uma grande livraria convencional pode conter cerca de 130.000 títulos diferentes em suas prateleiras. No entanto, de acordo com Anderson, a maior parte das vendas de livros da Amazon.com vem de fora dos seus 130.000 títulos principais; em outras palavras, a maior parte dos livros que a Amazon.com vende nem mesmo faria parte dos estoques de uma livraria convencional.

Livro:A CAUDA LONGA 
"do mercado de massa para o mercado de nicho"
Autor: Chris Anderson
Editora: CAMPUS
Ano: 2006
ISBN: 8535221832





Nenhum comentário:

Postar um comentário