Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

3 de mai de 2012

O que é Big Data? Conheça essa tecnologia de monitoramento

Por: Robson Sales
Em: http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2012/04/voce-sabe-o-que-e-big-data-tecnologia-que-pode-monitorar-sua-vida-ja-movimenta-us-70-bi-no-mundo.html


Redes sociais, GPS, telefones celulares e a popularização dos mais diversos dispositivos móveis foram o estopim para o início desse serviço. O Big Data é uma tecnologia que reúne uma quantidade inimaginável de dados digitais e os cruza, aumentando a possibilidade de ganhos com o uso dessas informações. De acordo com especialistas, o Big Data analisa informações em variedade, volume e velocidade como nunca antes se viu.

Com Big Data, empresas podem cruzar dados e ter maior eficiência (Foto: Reprodução)
A grande novidade da tecnologia Big Data é trabalhar com dados não-estruturados, que dependem de um contexto para serem entendidos. Esse tipo de informações são tweets, comentários no Facebook e vídeos, por exemplo, e representam 85% das informações com as quais as organizações lidam atualmente.

Em reportagem do jornal O Globo, o executivo de operações da EMC, Pat Gelsinger, afirmou que o mercado global de Big Data já movimenta US$ 70 bilhões por ano, e a tendência é que tenha um crescimento de quase 40% até 2015. No Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, pesquisadores publicaram um artigo em que acreditavam que esse tipo de software pode ajudar a solucionar problemas econômicos, justamente porque o Big Data traz eficiência às empresas.

Aliás, a tecnologia chega cada vez com mais força também no Brasil. A loja de departamento Renner usa a tecnologia para monitorar o fluxo de mercadorias de suas filiais em todo o país, o que é feito em tempo real. Com o Big Data é possível cruzar os dados de localização dos caminhões com o nível de estoque das lojas e ainda reorganizar a mercadoria entre as lojas com base em dados meteorológicos, por exemplo. Além de acompanhar os comentários sobre seus produtos nas redes sociais.

O Big Data permite analisar qualquer tipo de informação digital em tempo real. Atualmente circulam pela rede cerca de 1,8 zettabyte, a previsão é que em 2015 esse número chegue a incríveis 7,9 zettabytes. Um zettabyte é igual a 1.000.000.000.000.000.000.000 bytes – isso mesmo, um número inimaginável!

Tecnologia Big Data reúne e analisa em tempo real
enorme quantidade de dados digitais (Foto: Reprod.)
Fundamental para a tomada de decisões, esse tipo de software poderia até evitar assaltos, já que são capazes de analisar imagens. Assim, o Big Data poderia monitorar as câmeras da cidade, entender padrões que antecedem assaltos e outros crimes e chamar a polícia antes que os bandidos cometam de fato o delito. Apesar desse cenário à la “Minority Report”, Patrícia Florissi, da EMC, diz que ainda falta bastante tempo para que a tecnologia seja usada dessa forma.

A própria EMC está construindo no Parque Tecnológico da UFRJ um centro de pesquisa exclusivamente para o desenvolvimento de Big Data. A companhia promete investir R$ 100 milhões nos próximos dois anos. A previsão é que a unidade fique pronto em 2014, empregando 35 pesquisadores.

Com polêmicas cada vez mais recentes sobre privacidade na Internet, através do Big Data já há empresas cruzando dados para descobrir que há maior probabilidade do consumidor de Gatorade comprar laxante, por exemplo. Isso ajuda as corporações a se organizarem, mas também tira a privacidade do consumidor – mas isso é outro assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário