Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

27 de out de 2012

ISO 9001 e o Envolvimento da Empresa

Por: Zafenate Desidério
Em: http://www.qualidadebrasil.com.br/noticia/iso_9001_e_o_envolvimento_da_empresa


Quando o envolvimento com a norma ISO 9001 se torna uma dor de cabeça de fato fica a pergunta, entendemos os objetivos da mesma? ou ficamos envolvidos sem entender os requisitos? seria perda tempo não é?
Seria como investir em algo sem esperar retorno do mesmo, ou seja, comprar por comprar, este artigo para muitos poderá parecer um pouco irrelevante ou até mesmo uma crítica, a ideia é esta mesma, elevar algumas dúvidas sobre esta a real funcionalidade desta norma.
Sempre relato que a norma ISO 9001 embora já bastante evoluída no Brasil, ainda existe empresas com dificuldades de interpretar a sua função e também evoluir junto a sua implementação.
A norma ISO 9001 veio com certeza para ajudar as empresas de todos os portes e setores, e claro tornou a área da Qualidade um tanto quanto necessária em empresas que pensavam neste setor como um custo agregado, pois a norma ISO 9001 veio como uma garantia sobre este setor e para certificar que esta mesma empresa tem um sistema de Gestão da Qualidade dentro dos requisitos desta mesma norma.
Mas a pergunta que me foi feita estes dias é, minha empresa busca a certificação ISO 9001 e ao mesmo tempo impede que muitas ações de implementação sejam realizadas para esta mesma certificação.
Automaticamente penso, esta empresa está tendo suporte o necessário para ampliar sua visão com relação a esta necessidade? a mesma empresa entende que ao ser certificada a mesma pode atribuir inumeras melhorias em seus processos internos e refletir esta mesma ação em ganhos para seus resultados de desempenho?
Bom, infelizmente muitos enxergam o processo de Gestão como burocrático, e é, mas desde que tenhamos uma Gestão voltada para o atendimento desta norma somada a busca pela melhoria dos processos internos, claramente iremos refletir as ações no cliente final e com certeza os ganhos serão garantidos através do resultados diversos.
O RD é o representante da direção responsável pela Gestão diante das melhores práticas conforme a norma ISO 9001 e também pela participação de todas as atividades atreladas por um orgão certificador, mas em muitos casos este mesmo personagem fica impedido de exercer suas atividades conforme a mesma norma e também o conhecido acúmulo de funções, o que acaba gerando um grande problema chamado TEMPO DE RESPOSTAS.
Abaixo usei o Diagrama de Ishikawa para relacionar fatores que contribuem para o sucesso desta certificação.
Fatores importantes para o Sucesso na certificação ISO 9001
 Comprometimento
Não existe sucesso sem o envolvimento e comprometimento de todos, não será o RD o responsável pelo sucesso da certificação, e sim a participação do chão de fábrica até a alta direção, mas isso deve estar bem claro durante este processo de implementação.
 Responsabilidade
Como no item anterior todos devemos ter claro as responsabilidades de cada um com o desempenho desta certificação, e ao mesmo tempo devemos excluir de nossa visão o item individualidade, pois a participação independe do cargo.
 Planejamento
O tempo passa e o prazo de certificação vem ai, então planejar cada ação é indispensável para qualquer empresa, seja para esta meta ou até mesmo para qualquer ação necessária para o sucesso de desempenho da empresa, devemos tomar cuidado com o DEIXA PARA DEPOIS,pois o tempo passa e o cronograma por exemplo da certificação deve ser atendido conforme planejado.
 Qualificação
Não basta apenas vontade, e sim devemos esta ciente de que a Qualificação é com certeza muito importante para qualquer ação a ser tomada no sentido de melhorar o desempenho, então planejar a Qualificação interna e sintonizar o necessidade com a ação.
 Organização
Esta com certeza acaba tendo inumeras dificuldades, pois sem uma Gestão inteligente não existem resultados, organização depende da estrutura e do espaço que cada profissional, cuidado, não queira fazer tudo ao mesmo tempo e ser o responsável por uma certificação, devemos pensar em grupo e sermos organizados com relação a prazos, ações e avaliações para isso é necessário aplicar o PDCA na nossa organização, no sentido de que o tempo de resposta depende exatamente da organização.
 Investimento
Pois é,não adiante tentar fugir, o investimento é necessário durante o processo de implementação e após ele também, então devemos pensar nos resultados positivos, seja no treinamento, Gestão e claro, em consultorias especializadas que contribuem para que o passo a passo seja cumprido de forma eficaz.
Abaixo relacionei o plano de implementação da norma ISO 9001 através do PDCA.
PDCA em busca da ISO 9001
Eu mesmo trabalhando alguns anos como Coordenador da Qualidade, estive a frente de duas certificações ao mesmo tempo, ou seja, neste grupo empresarial existiam 2 empresas no mesmo local, uma prestadora de serviço e outra fabricante de produtos, então temos 2 escopos de certificação diferentes, processos diferentes, procedimentos diferentes,registros diferentes e até mesmos pessoas envolvidas com diferentes pensamentos.
O que de fato quero mencionar neste artigo, que a evolução da ISO 9001 não está apenas na busca por uma certificação, e sim no desenvolvimento e transformação de uma ambiente qualificado e motivado por esta busca, que deve ser refletido na própria Política da Qualidade desta empresa e diretamente ligado a cultura de uma empresa madura.
Exatamente neste contexto que a ISO 9001 deve se avaliada, a diretoria deve encarar a ISO 9001 com um ganho para suas atividades com relação ao seu futuro no mercado.
Imagine uma empresa sem a definição de procedimentos, sem o real entendimento de suas não conformidades, seria um caos e ao mesmo tempo seu custo de não Qualidade seriam maior e oculto, do que uma empresa com procedimentos e análise criticas sobre suas ações, e ainda, consegue mensurar o custo da não Qualidade e agir sobre o mesmo.
O processo de certificação ISO 9001 deve partir da participação efetiva da alta direção, e não apenas ser um setor que administra papelada e trabalha sobre o efeito PRESSÃO.
Já participei de empresas onde a visão da ISO 9001 era de crescimento, mesmo sendo uma certificação que muitos ignoram como desnecessária, a sua real aplicação acaba gerando ótimos resultados sob este mesmo personagem que a interpela.
O mais interessante que encontro é empresas em busca por um SELO DE CERTIFICAÇÃO, já encontrei empresas que mesmo ao ser certificada imaginava estar sendo reconhecida peloINMETRO e isso de fato me deixava um tanto quanto preocupado, pois a sua capacidade de interpretar esta norma, deveria estar já amadurecida o suficente para entender a mesma.
Lembrando que o Inmetro ( Instituto Nacional de Metrologia e Tecnologia) responsável pela normalização e certificação de produtos
Lembrando que o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia e Tecnologia) tem como missão, prover confiança à sociedade brasileira nas medições e nos produtos, através da metrologia e da avaliação da conformidade, promovendo a harmonização das relações de consumo, a inovação e a competitividade do País.
Retornando ao item anterior, uma certificação ISO 9001 é claramente como já disse, é uma certificação sobre um Sistema de Gestão da Qualidade que de fato atende todos os requisitos desta norma com excelência, e não uma certificação de produto ou até mesmo diretamente a empresa e sim a empresa conta com um Sistema de Gestão da Qualidade eficiente e padronizado.
Bom, resumindo meu pensamento é, ISO 9001 não é sinonimo de Qualidade e sim, é a representação do reconhecimento de um sistema que busca constantemente o melhor desempenho de seus objetivos.
Uma ótima ferramenta é o cronograma de projeto, onde podemos realizar a definição de cada etapa e seu andamento, lembrando que esta ferramenta deve estar adequada ao planejamento do projeto de cada empresa, modificando assim prazos e etapas.
Cronograma de projetos
Espero que este artigo tenha respondido algumas perguntas que recebi por e-mail esta semana, e claro, este tema vai muito além do que penso, ainda mais se levar o mesmo para uma mesa redonda.
Mas volto a mencionar que a raiz do sucesso desta certificação esta no entendimento da alta direção destas empresas e no comprometimento e a participação de todos.
Por: Zafenate Desidério

Nenhum comentário:

Postar um comentário