Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

30 de out de 2012

Saiba como lidar com restrições em Projetos

Por: http://blog.youwilldobetter.com
Em: http://blog.youwilldobetter.com/2009/01/restricoes/


Ao iniciarmos o planejamento das atividades do projeto, devemos tomar certas precauções:
O que NÃO fazer
Não criar restrições desnecessárias.
IMPACTO
Ao inserirmos manualmente uma data de início ou de término para a tarefa, automaticamente é aplicada uma restrição.
O que FAZER
Evite criar restrições, apenas quando forem realmente necessárias, como a data de um evento que não pode ser alterada.
Exemplo 1:
Não inserir manualmente a data de início do projeto quando esta for diferente da data atual, pois o Project irá criar uma restrição desnecessária.
O que FAZER
Se um projeto iniciar em uma data anterior ou posterior a data atual, faz-se necessário definir uma data de início para o projeto.
COMO fazer
  1. No menu Projeto, clique em Informações sobre o Projeto.
  2. Para fazer o agendamento a partir da data de início, clique em Data de Início do Projeto na caixaCronograma a Partir de.
Exemplo 2:
Para definir tarefas que iniciam com tempo de avanço ou retardo em relação a sua predecessora, não o faça manualmente, pois o Project irá criar uma restrição desnecessária.
O que FAZER
Crie latência entre as tarefas vinculadas.
COMO fazer
  1. No menu Exibir, clique em Gráfico de Gantt.
  2. No campo Nome da Tarefa, selecione a tarefa desejada, e clique em Informações sobre a Tarefa.
  3. Clique na guia Predecessoras.
  4. No campo Latência, digite o tempo de avanço ou de retardo que quiser como uma duração (-2d ou 2d) ou como uma porcentagem da duração da tarefa predecessora.
Escreva-nos sugerindo mais itens ou caso tenha alguma dúvida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário