Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

11 de nov de 2012

7 dicas para motivar e reter os talentos de TI

Por: Douglas Cassaniga
Em: http://www.blumenauti.com.br/noticia/7-dicas-para-motivar-e-reter-os-talentos-de-ti


Após a contratação dos funcionários, os especialistas afirmam que é importante mantê-los motivados e atualizados. Acompanhe as 7 dicas para motivar e reter seus colaboradores
Motivação Trabalho EquipeEncontrar profissionais qualificados para alguns setores em TI não é uma tarefa fácil, dizem recrutadores entrevistados pela INFO. Além disso, após a contratação dos funcionários, os especialistas afirmam que é importante mantê-los motivados e atualizados.
“Atualmente, é muito forte  a busca por profissionais qualificados de TI em quase todos os níveis e funções, de programador a gerente de projetos. Isso também inclui os profissionais que permanecem na empresa somente durante a realização de um projeto”, diz André Assef, sócio-diretor da Desix, empresa especializada no recrutamento e seleção de profissionais de TI.
Na maioria das vezes, o motivo do desligamento de um funcionário não está relacionado ao salário ou falta de habilidade, diz Assef. “Muitos colaboradores saem da empresa por causa do ambiente de trabalho ser ruim ou pela falta de perspectiva de crescimento profissional”, comenta.
“Dinheiro não é tudo que o funcionário precisa. O colaborador precisa ter qualidade de vida”, diz Nancy Bastos, diretora de recursos humanos da Aon, empresa de gerenciamento de riscos, consultoria e corretagem.
Segundo Nancy, uma equipe motivada produz mais e permanece durante um período mais longo na empresa. Já a companhia retém estes profissionais que assimilaram sua cultura e experiência da função, especialmente em uma época de escassez de pessoas bem qualificadas.
Os diretores também indicam os principais fatores para reter um profissional na empresa. Veja abaixo:
1 – Perspectiva de crescimento – “Os funcionários engajados buscam a ascensão profissional e melhores salários. Quando atuam como gestores, eles podem comandar outras pessoas com o objetivo de obter o sucesso profissional de uma equipe inteira”, diz Assef. O diretor afirma que, muitas vezes, a possibilidade de crescimento profissional é o fator decisivo na aceitação de uma proposta de emprego.
2 – Plano de cargos e salários – Usado para padronizar a promoção e a progressão interna dos cargos na empresa. Isso evita a insatisfação dos profissionais, ajuda a eliminar distorções que causam desequilíbrios e atribui valores a cada setor da companhia.
3 – Ambiente de trabalho agradável – Esta é uma das principais reclamações dos funcionários em relação ao emprego anterior durante os processos seletivos. “A falta de entendimento com o gestor, colegas de trabalho e cultura organizacional da companhia refletem diretamente no tempo de permanência de um colaborador na empresa”, diz o diretor.
4 – Regime de home office – “As pessoas estão mais preocupadas com o bem estar. Permitir a flexibilidade no horário e o regime de trabalho remoto ajuda a reduz o estresse gerado no trânsito das grandes cidades, além de proporcionar uma melhor qualidade de vida ao funcionário”, diz Nancy.
5 – Cursos de atualização profissional – Os treinamentos de reciclagem de conhecimento e eventos de integração são uma ótima maneira de engajar os profissionais. “A empresa também pode motivar o colaborador se ela oferecer um desconto na mensalidade de uma certificação ou faculdade. A pessoa reconhece a preocupação da companhia em relação ao bem estar da equipe”, diz Assef.
6 – Diversidade de benefícios – “Alguns serviços refletem diretamente no aspecto pessoal e proporcionam um ambiente profissional agradável entre os funcionários, como convênio de estacionamento, planos de saúde, serviços de atendimento pessoal (concierge), auxílio creche, entre outros”, diz Assef.
 Experiência internacional – Possibilidade de transferir o funcionário para outros países em casos de empresas multinacionais ou durante a aquisição de companhias internacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário