Postagem em destaque

Procurando Profissional em Análise de Processos de Negócios, BPM, BPMS e Melhoria de Processos, para atuar na Região Metropolitana de Belo Horizonte?

Marco Gandra Brasileiro – Casado 41 anos - CNH B Nascido em Belo Horizonte e-mail gandraribeiro@gmail.com ...

Pesquisar neste blog

19 de jul de 2013

Introdução às 9 áreas de conhecimento do BPM sob a ótica do BPM CBOK (parte 1)

Por: Bruno Barrios
Em: http://bpmvision.blogspot.com.br/2012/05/introducao-as-9-areas-de-conhecimento.html

Dando continuidade ao artigo "O que é o BPM CBOK?", iniciaremos aqui o nosso estudo sobre as 9 áreas de conhecimento que o BPM CBOK cobre. Se você ainda não sabe o que é o BPM CBOK, é muito importante que você dê uma olhada no artigo O que é o BPM CBOK? para entender melhor sobre o que estamos falando aqui! Siga o link e depois volte para cá!

Como esta é apenas uma introdução básica sobre cada área, a medida que os artigos aprofundados forem sendo publicados eu irei colocar seus respectivos links neste artigo.

Segundo o BPM CBOK, um projeto de BPM é dividido em 9 áreas:

9 áreas de conhecimento do BPM CBOK - ABPMP



  • Gerenciamento de Processos: Esta área de conhecimento apresenta alguns conceitos que fundamentam um projeto BPM. Tratará de questões para equalizar o conhecimento e os termos do projeto. Aqui são definidas questões como: O que é BPM? O que é negócio? O que é processo? Quantos e quais são os tipos de processos existentes?.

    Com esta área de conhecimento é criada uma interface de comunicação entre os projetos, onde a maioria(100% seria um sonho) pode começar a falar a mesma língua no que tange um projeto BPM. Aqui também é deixado claro a seriedade que um projeto deve ser levado para que seja efetivo além de mostrar que BPM não é um sistema informatizado e sim uma disciplina.
  • Modelagem de Processos: Se você ainda pensa que modelagem de processos é apenas ficar desenhando os processos com caixinhas, está um tanto equivocado! Apesar dessa visão ainda ser um tanto comum, a área de modelagem de processos apresenta conhecimentos para realizar levantamentos de fluxos de processos, estratégias de modelagem de processos, definição de indicadores de desempenho e regras de negócio do processo.

    A descoberta e modelagem do processo deve ser realizada a deixar transparente a situação atual do processo pois a partir desta modelagem é que o processo poderá ser analisado e melhorado. Esta área de conhecimento apresenta que existem alguns conceitos muito importantes na hora em que está sendo realizada a modelagem do processo.
  • Análise de Processos: Então quer dizer que modelamos o processo, mas e aí? De que serve um mapa de processos se não trouxer resultados ao processo? Com a modelagem do processo realizada está na hora de partirmos para a fase de análise do processo! É o momento de encontrarmos gargalos, falhas, exceções não previstas, informações ambíguas, momentos onde o processo trava por falta de informação e várias outras questões. Será que o processo está realmente atendendo o negócio?

    Na área de conhecimento Análise de Processos são apresentadas técnicas e atividades para realizar uma análise sobre o processo atual, afim de expor suas deficiências e suas vantagens na sua execução. As conclusões geradas por esta etapa é que nortearão as próximas atividades para se pensar no processo como ele deve ser no futuro.
  • Desenho de Processos:  Depois que possuímos uma visão clara do que está acontecendo no processo atual, quais os gargalos encontrados, quais os pontos falhos e se ele está atendendo os objetivos que a empresa persegue poderemos agora começar a pensar sobre como seria o processo ideal dada as condições atuais do escopo do projeto. Aqui serão levantadas as melhorias para o processo, o que o deixaria mais lucrativo, mais rápido ou mais gerenciável por exemplo.

    Esta é uma das áreas de conhecimento que geralmente os envolvidos mais gostam e se identificam pois é o momento de colocar as idéias para fluir! Propor as melhorias, encontrar soluções mais eficientes e transformar o processo em um processo ideal. É uma parte desafiadora onde os problemas estão expostos e necessitam de uma solução que se adeque também aos objetivos principais do negócio.
Continua no próximo artigo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário